My Image

(47) 3433-7127
(47) 99970-0799
​​​​​ 

fale conosco​​​​​​​

My Image

FISIOTERAPIA
​​​​​​​ UROGINECOLÓGICA

Fisioterapia Uroginecológica

FISIOTERAPIA PÉLVICA NA SAÚDE DA MULHER


​​​​​​​•    O que é Fisioterapia Pélvica:

É a área que trabalha com a prevenção e reabilitação de disfunções urogenitais e anorretais. Atua no tratamento dos distúrbios perineais, contribuindo para evitar ou postergar os processos cirúrgicos. 

Quando a musculatura está enfraquecida ou lesionada, algumas disfunções podem se tornar um incômodo. As principais disfunções são:

1.    Incontinência de fezes e urina: incapacidade de controlar a eliminação de fezes e de urina.
2.    Prolapsos de órgãos: É a exteriorização de órgãos pelo canal vaginal ou anal. Acontece devido ao enfraquecimento da musculatura do assoalho pélvico e dos ligamentos que têm o papel de sustentar esses órgãos. Os órgãos que geralmente são projetados para fora são bexiga, útero e reto.
3.    Disfunção sexual: As disfunções sexuais mais frequentes nas mulheres são o vaginismo (contração involuntária dos músculos impossibilitando a penetração), anorgasmia (dificuldade ou incapacidade de atingir o orgasmo), dispareunia (dor durante o ato sexual).
4.    Gestação e parto: durante a gravidez, os músculos do assoalho pélvico sofrem uma maior pressão porque sustentam o bebe, além dos órgãos pélvicos.
​​​​​​​

Fernanda Ruon Maestri

Fisioterapia Pélvica
CREFITO10/194885-F

​​​​​​​​​​​​​​

My Image

•    Como é realizado o tratamento no adulto:
 Após uma avaliação do paciente e de suas queixas, são realizados exercícios perineais específicos por meio de técnicas e aparelhos de eficácia clínica comprovada. O resultado é um maior controle, sensibilidade e fortalecimento da região perineal.

•    Indicações:
- Incontinência Urinária
- Incontinência Fecal
- Bexiga Hiperativa
- Bexiga Neurogênica
- Constipação
- Prolapsos Genitais
- Disfunções sexuais (vaginismo, vulvodinea, dispareunia e flacidez muscular)
​​​​​​​



FISIOTERAPIA  PÉLVICA INFANTIL

​​​​
•    Disfunções miccionais na criança:

Elas podem ser de origem neurogênica ou devido à má formação fetal.
 
Até aproximadamente 5 anos a maioria das crianças já tiveram um treinamento adequado, ou seja, já apresentam uma micção controlada, socialmente aceitável e sem a necessidade de fraldas, porém há crianças que apresentam sintomas de infecções urinárias recorrentes, urgência miccional e aumento da frequência urinária, mesmo após o desfralde. Essas crianças continuam sem conseguir segurar xixi, ou ainda fazem xixi na cama. Isso pode ocorrer de vido a não coordenação entre o músculo da bexiga e o esfíncter uretral (músculo que ajuda a prender o xixi).

•    Disfunções anorretais na criança:

Dentre as disfunções anorretais as mais comuns em criança estão o soiling (perda de fezes na cueca, calcinha) e constipação intestinal (intestino preso).

•    Como é realizado o tratamento em crianças:

A fisioterapia tem como objetivo ajudar na coordenação muscular, ensinar a criança a contrair e relaxar o esfíncter, utilizando o aparelho biofeedback eletromiográfico. Uso da neuromodulação parasacral, terapia comportamental e acessórios como alarme noturno.

    Indicações:

-Enurese noturna (xixi na cama)
-Constipação
-Soiling (escape de fezes)
-Disfunção miccional
-Bexiga neurogênica 







​​​​​​​ATENDIMENTOS PELOS CONVÊNIOS


Agemed, Medservice, Cassi e Vitaserv

•    Atendimento particular e social:
Verificar valores com a secretária




​​​​​​​